Blog do Ap Josué Barbosa

sábado, 31 de julho de 2010

JESUS LIVRA VOCÊ DA ESCRAVIDÃO

JESUS LIVRA VOCÊ DA ESCRAVIDÃO
“Se, pois o filho vos libertar verdadeiramente sereis livres.”
João 8:36


INTRODUÇÃO


A REALIDADE DO PECADO

Lógico, o novo nascimento vem quando reconhecemos que somos pecadores. Então quando entramos na nova vida já temos a idéia de que o pecado não nos faz bem, em Hebreus 12:1 diz; “Portanto, também nós, visto que temos a rodear-nos tão grande nuvem de testemunhas, desembaraçando-nos de todo peso, e do pecado que tenazmente nos assedia, corramos com perseverança a carreira que nos está proposta”. Deus nos chama a renunciar ao pecado e perseverar firme no Senhor. Contudo, não é fácil para uma pessoa permanecer firme, se não tomar alguns cuidados. Quando uma pessoa se converte, ou seja, nasce de novo, ela rompe com o padrão do mundo e está disposta a permitir que Cristo promova mudanças profundas em sua vida, o que não é tarefa fácil, pois em alguns momentos parece que todos estão contra a ela.

ENTREGUES AOS CUIDADOS DE CRISTO

No Evangelho de João Capítulo 10, Jesus fala que Ele é o bom pastor que dá a vida pelas ovelhas, e que o ladrão vem somente para roubar matar e destruir. Se analisarmos com cuidado, vamos entender, Jesus fala dos falsos mestres, daqueles que têm sempre uma fórmula mágica ou uma religião sem muita exigência como solução para as nossas vidas, esses enganadores podem ser nossos amigos do passado e até familiares que tentam nos confundir, nos tirar do foco que é a glória de Deus, quando eles vêem vir o lobo, ou seja, nos momentos de perseguição e dificuldades eles fogem e nos abandonam a própria sorte. Eva viu que o fruto era agradável aos olhos e bom para se comer (Gênesis 3:6), desejou o que Deus havia proibido e desgraçou sua vida e amaldiçoou a terra (Gn 3:17),é assim que acontece quando damos ouvidos a serpente, que fala pela boca de pessoas que nos oferece algo muitas vezes agradável aos olhos, mas que nos trarão maldições, isto é, o pecado.

VIVIFICADOS EM CRISTO

É preciso entender, antes de qualquer coisa, nossa situação diante de Deus, quando ainda não conhecíamos a Cristo. A Bíblia diz que estávamos mortos em nossos próprios delitos e pecados. Efésios 2:1, e que não tínhamos esperança, Efésios 2:12. Contudo, Deus nos deu vida em Cristo, “pois assim, como o Pai ressuscita e vivifica os mortos, assim também o Filho vivifica aqueles a quem quer”, João 5:21. Agindo assim, Ele nos livrou da condenação do pecado e da morte, Romanos 8:1. Ele nos libertou do império das trevas e nos transportou para o seu Reino, col. 1:13. Agora temos comunhão com Cristo e consciência de estar vivendo uma Nova Vida. O Senhor não vai pedir que façamos algo que nos faça mal. Agora que somos Filhos de Deus, devemos andar como Cristo andou, ou seja, em Santidade.

LIBERTOS DO PECADO

“Sabemos isto, que foi crucificado com Ele o nosso velho homem, para que o corpo seja destruído, e não sirvamos ao pecado como escravos; por quanto quem morreu justificado está do pecado”. Romanos 6:6-7. A vida cristã é para ser vivida, e as mudanças irão acontece paulatinamente, pois quando estamos com Cristo, temos legitimidade para enfrentar aos vícios do velho homem, as velhas práticas, ao mesmo tempo em que alcançamos o padrão de Deus para nós. É Natural que tenhamos dificuldades em lidar com as circunstancias diárias, contudo, em Hebreus12:4 diz “Ora, na vossa luta contra o pecado, ainda não tendes resistido até ao sangue”. Começamos a viver uma nova vida, então, muitas coisas acontecerão para nos tirar do foco que é Jesus e sua Palavra, se faz necessário que estejamos vigilantes. “Pois o nosso adversário anda em derredor como leão que ruge procurando alguém para devorar”. I Pedro 5:8.

LIVRES DA CONDENAÇÃO

“Em Verdade, em Verdade vos digo: quem ouve a minha Palavra e crê naquele que me enviou, tem a Vida Eterna, não entra em condenação, mas passou da morte para a vida” João 5:24. Vimos no estudo anterior que fomos feitos filhos de Deus, e isto nos dá uma garantia, Deus nos chamou para mudar a nossa história. Para que isto se torne realidade é necessário romper de uma vez por todas com as práticas do mundo, e nos afastar de tudo aquilo que nos faz mal, pois cedo ou tarde seremos confrontados com a Palavra de Deus sobre nossa conduta. Efésios 4:1 “Rogo-vos, pois, eu, o prisioneiro no Senhor, que andeis de modo digno da vocação a que fortes chamados”. Somente buscando um relacionamento íntimo com Deus, encontraremos forças para suplantar as tentações e continuar firmes no Senhor.

CONCLUSÃO

Deus nos libertou do império das trevas, nos trouxe à vida, e tudo que nos pede é que busquemos sua presença e de dediquemos nossas vias a Ele como único e verdadeiro Deus, agindo desta forma, certamente nos fortaleceremos todos os dias, e o conheceremos na intimidade.

Josué Barbosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário