Blog do Ap Josué Barbosa

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Jesus, a Porta Legítima de Entrada no Reino de Deus.

Introdução

Uma porta geralmente é por onde se tem acesso, às entradas ou saídas, poderíamos dizer que há legitimidade, um reconhecimento deste acesso. Normalmente não se entra em lugar algum de outra forma a não ser por uma porta, pelo menos para que haja legalidade, Jesus usou um exemplo do mundo físico para explicar o mundo espiritual, pois já sabia que os homens iriam idealizar outras entradas para o Reino de Deus. Pois, “No último tempo haverá escarnecedores, andando segundo as suas ímpias paixões. São estes os que promovem divisões, sensuais, que não tem o Espírito”. Judas 18-19. Por isso disse: “Eu sou a Porta”.


A visão distorcida do homem

Em Marcos 8:22-26, encontramos um relato de uma cura, que pode muito bem ser usado aqui para prefigurar a ação do homem frente a Jesus.Ao primeiro toque de Jesus no cego, apenas a percepção do globo ocular passou a ser usada. E apenas com o que vemos ou simplesmente ouvimos do mundo físico, não nos poderá levar a Cristo, a visão continuará distorcida com relação à Salvação e a Vida Eterna, sempre confundida com religião. Podemos dizer que este primeiro toque é a revelação geral de Cristo ao homem. Porém, a fé também é racional. Ao segundo toque o homem passou a ver nitidamente, pois as funções cerebrais que comandam a visão passaram a ser utilizadas. Deste modo, é preciso “confessar com a boca” Romanos 10:9, uma confissão exige algo da mente, neste caso é reconhecer pela razão, primeiro, que é pecador, e segundo, que Cristo é o Salvador. É a percepção da mente que reflete no coração um sentimento de mudança e arrependimento. “Crer no coração” Rm 10:9.


Muitos tentam roubar a semente MT: 13:19

Tudo começa com o pré-julgamento, a incredulidade antes de conhecer, então fecham os ouvidos João 9: 27-34, por fim expulsam os emissários de um novo tempo. De um novo Reino. “Ensinas-nos” são auto-suficientes, orgulhosos, não querem aprender, pois acham que não precisam, estão cegos de entendimento. Jesus fala de algo espiritual, de um Reino Espiritual; Os que não vêem, aqui, são os que não têm visão espiritual, mas tem consciência de sua necessidade, Ou seja, cegos que não querem enxergar. Estes são os roubadores de sementes, pois são emissários do diabo. Em uma linguagem simples, diríamos, negam a Cristo, e querem fazer os outros negarem.


Quando os olhos são abertos

No Cap. 9 de João, no episódio da cura do cego de nascença, fala da cegueira espiritual em que se encontra o mundo. Quando os olhos são abertos, sempre há interrogatórios e perseguições, pois, este convite encontra olhos cegos e corações endurecidos, ligados a rituais religiosos, vers. 28. “Discípulos de Moisés”. Não conseguem ver que a visão foi ampliada, e que ao atender ao chamado, consegue-se ver além do engano das religiões e falsos mestres. Entra-se na rota da santidade, e conseguintemente, na rota do Reino de DEUS .

A confissão de um novo tempo

“Era cego e agora vejo” esta deve ser a confissão de uma pessoa que teve um encontro com Cristo. Não importa o que vão falar de você, sua confissão vai ser; vivi no engano durante muito tempo, agora os meus olhos vêem a Deus. Pois, Quem vê não precisa mais de provas, a própria visão produz efeitos evidentes de mudanças, é seu testemunho que vai contar. É a distinção entre trevas e luz. Os que passam a ver anunciam o caminho, por isso estamos aqui. “Quereis vós também tornar-se seus discípulos”? Quem sabe que não vê, e reconhece sua necessidade espiritual será curado. Quem nega seu pecado dizendo que vê permanece no pecado. Mc. 2.17 quem sabe que está doente procura a cura.


Conclusão

Por que o Reino de Deus é semelhante a um que negocia e procura boas pérolas; e tendo achado uma pérola de grande valor, vendeu tudo o que tinha, e a comprou. Para negociar boas pérolas tem de ter visão, enxergar o Reino, “comprou” se apoderou das bênçãos do Reino MT 13:45-46. “Chama pelos nomes” João 10:3, os crentes em Cristo são convidados a deixar suas convicções, filosóficas, religiosas, para seguir a Cristo. O Senhor te chama hoje pelo teu nome.

Nenhum comentário:

Postar um comentário