Blog do Ap Josué Barbosa

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Não Existe Esterilidade no Reino de Deus

Não Existe Esterilidade no Reino de Deus

A promessa de fecundação

O Senhor nos mostra de forma bem enfática em toda a Bíblia. E como sempre o faz, por ações, e não somente palavras, se bem que a Palavra de Deus por si mesma já bastaria, Esta verdade sobre a esterilidade no seu Reino. Curiosamente, as matriarcas chamadas pelo Senhor para darem origem a uma nação santa, eram por natureza estéreis.

Sara

A primeira, Sara, já na velhice, não acreditou, e nem podia, por ser humana, e por que via o natural, e não é natural que uma mulher com quase cem anos dê a luz. Gênesis 17:16,19 ; 18:11-15. Deus fez aliança com Abraão e incluía seu filho Isaque Gênesis 17:19 , logo adiante vemos afinal a promessa de Deus cumprir-se na vida de Sara, com o nascimento do menino, Gn 21:1- 6, depois, diz Sara; “Quem imaginaria que Sara amamentaria um filho?”Vers. 7. Claro, nestas condições ninguém, só Deus.

Rebeca

Como filho da promessa Isaque fazia parte desta aliança e cabia a ele o nascimento da nação. Então, casou-se com uma mulher de sua parentela chamada Rebeca. Agora, podemos ver um homem de Deus em ação, sabendo da promessa que tinha em sua vida e de sua aliança com o Senhor, Isaque orou ao Senhor por sua mulher que era estéril, Gn 25:21. O que nos leva a entender que mesmo tendo promessas em nossas vidas não podemos jamais desprezar a oração, pois vai mover o coração de Deus. Deus lhe deu duas nações de uma só vez, porém, ao mais moço pertencia a promessa. Gn 25:23.

Raquel

Das três matriarcas, talvez, Raquel tenha sido a mais incrédula e idólatra, e também a que mais sofreu, pois promessa não coaduna com incredulidade, teve de conviver com outra esposa e duas servas de seu esposo que lhes davam rebentos, enquanto ela não concebia, com isto tinha ciúmes, Gn 30:1-26. O versículo 22 relata que o Senhor ouviu a Raquel e lhe deu um filho, novamente Deus entra na história e remete seus filhos ao sobrenatural agindo com mão forte no cumprimento de suas promessas. É claro que Lia tem participação na formação desta nação, mesmo assim diz que o Senhor a fez fecunda por ser ela desprezada, Gn 29:31, uma vez que os filhos de Bila e Zilpa são considerados de Raquel e Lia respectivamente por serem escravas. O que lemos acima é que o Senhor as chama e as faz fecundas, porém, não é qualquer fecundação, pois Deus não faz nada na medida, Ele sempre faz o melhor. Ele não deu apenas filhos, deu nações. Gerações saíram de úteros que não geraram vidas por anos.


A Amargura da esterilidade dos Sonhos


Quando Ana chorou amargamente diante de Deus, por causa da sua esterilidade. 1Samuel 1:10, a Bíblia diz que ela tinha a alma amargurada e coração triste 1Samuel 1: 8, por não dá a luz. Foi tida por uma mulher embriagada, foi incompreendida, num primeiro momento até pelo sacerdote. Ana tinha um sonho, difícil para ela, quase impossível, embora que para outra mulher de seu marido fosse perfeitamente normal, e tudo o que ela conseguia era as provocações de sua rival 1Sm 1:6. Temos sonhos difíceis sobremodo para nós, mesmo que alguém já os tenha realizado em suas próprias vidas. Mesmo que para nós pareça não ser fácil, devemos entender que por algum motivo, para os escolhidos de Deus, tudo parece difícil, porém não impossível. Sonhos que muitas vezes nos levam a angústia de alma, a tristeza no coração por vê-los tão distantes, devemos ter em mente que nossos sonhos produzirão frutos em abundância no agir poderoso de Deus. Pois, o Senhor sarou o útero de Ana e lhe deu um primogênito, que viria a ser um profeta, e que ungiria Reis em Israel, foi preciso, antes de tudo, que ela clamasse ao Senhor e consagrasse a Ele seu sonho, 1Samuel 1:9-13. Que coisas tremendas. Essas mulheres saíram do mundo físico e entraram no sobrenatural, pois suas realizações têm carácter e manifestações no mundo espiritual.

Doar para ver nascer a conquista

Deus nos mostra a existência real de uma nova vida depois de um encontro com Ele, e que é o Senhor. Ele sara úteros, fez assim com Ana. Útero é local onde naturalmente uma vida é gerada e formada. Ela vivia sem esperança, desprezada, sem valor, sentia-se desta forma por estar paralisada por não frutificar,1 Samuel 1:7-8. Ana vivia queixando-se do seu problema ao marido, que a amava, porém não podia por si só resolver sua causa. E nós, quantas queixas às pessoas erradas, quanto tempo com o útero espiritual paralisado, sem conquistas. Quando Ana decidiu trazer à memória o que lhe dava esperança, foi conduzida ao altar, com o coração disposto a doar sem ainda ter. Dedicou ao Senhor um filho que não tinha, mas com certeza na esperança de Deus trazer a existência o que ainda não existia. Doar sem ter, é uma intenção de agradar a Deus antes mesmo que nos faça algo. É o amor manifesto, é o grito na alma de quem tanto esperou,é reconhecer que depende de Deus. Também temos a esperança de ver em nossa nação nascerem filhos espirituais, e eles nascerão, milhares deles, nossos rebentos que vão tirar o nosso vexame, pois serão frutos de úteros curados, que geram filhos legítimos em baixo da promessa.

Conclusão

Existem hoje, muitos argumentos para não frutificar. Muitas causas para úteros espirituais estéreis, no entanto, desde o princípio, Deus nos deu talentos e dons para assim, servi-lo melhor. O Senhor tem ouvido àqueles que têm chorado face à falta de frutificação, uma vez que uma adoração perfeita se manifesta pelo que temos para oferecer ao Grande Rei, e Ele se alegra com filhos, muitos filhos. Nossos sonhos serão gerados em úteros sarados pelo agir poderoso do Senhor, e nascerão trazendo um novo tempo, tempo de conquistas inimagináveis. Em breve o Senhor nos chamará e nos dará uma multidão como as estrelas do Céu. Genesis 15:5, também fala de herança da terra que aponta para prosperidade em todos os níveis, vers. 7.

3 comentários:

  1. Maravilhosa postagem!!!!!!!!
    Falou muito ao meu coração.
    Que palavra revelada e poderosa!
    Só posso agradecer ao Senhor por isso.
    Deus continue te abençoando com inspiração e revelação genuína da Sua Palavra.
    Ser Ministro da Palavra é isso: é servir ao povo de Deus com Sua Palavra.
    A Paz do Senhor.

    ResponderExcluir
  2. É isso ai! Fiél é Deus para fazer as maravilhas citadas neste post.
    E Deus quer muito nesse tempo curar uteros estéreis.
    Deus em Cristo te abençoe grandemente Pastor.Muito bom o escrito.
    Shalom

    ResponderExcluir
  3. Que o Senhor possa ti abençoa mais i mais meu pastor.graça paz

    ResponderExcluir