Blog do Ap Josué Barbosa

domingo, 15 de setembro de 2013

O Deus de Todos!



Neste mundo hodierno de tantas acusações, pretensões sem sentido, onde os homens se digladiam por posições e poder, e com isso, humilham, desprezam e até matam seus semelhantes, um mundo onde falar a verdade é difamar, pois vale mais o sentimento maquiavélico de conseguir vencer a qualquer preço, e para isto, quaisquer desculpas valem para encobrir suas “más ações”. Neste ínterim, quero me reportar a Palavra de Deus que Diz que nada lhe foge ao controle, e que seus olhos estão em toda parte, declarando que o Senhor a tudo vê. Neste sentido, esquecemos o porquê estamos aqui, qual nossa missão como homens sobre a face da Terra, com certeza, não é aniquilar o outro, o semelhante, e sim andar em direção a ele com ações construtivistas, baseadas em um amor altruísta, se assim não fora, o Filho de Deus não teria andado por aqui e nos dado exemplo.
O que vale mais nesta vida é vivê-la com a esperança, enquanto aqui, por um mundo melhor, na hora da partida, a certeza de ter contribuído de alguma forma para uma humanidade melhor, e isto, na geografia que Deus nos deu, que vai desde a família a uma nação ou até mesmo aos confins da Terra.
Quem dera valer-me de tempos remotos, onde era possível fazer amizades duradouras, onde não imperava o interesse em si mesmo e sim o companheirismo de um coração puro, doando sem desejar nada em troca a não ser um afago, um carinho, uma manifestação de afeto que nos fizesse ver que na verdade não estamos sozinhos neste mundo, pois a estrada da vida nos ensina que em algum momento precisaremos do outro para nosso desenvolvimento.
Ter um sonho, em que as máscaras caiam, e todos se mostrem como são, e sempre dispostos a mudarem. Onde seja possível discipulador e discípulo caminharem juntos, um sendo exemplo para o outro, e se ensinarem. Que estejam sempre estendendo uma mão amiga em busca de conquistas, não para si próprio apenas, mais também para o outro, de modo que ambos nunca percam a direção, que aqui, é a do Reino de Deus, aonde todos habitarão sem distinção, separação, ódio ou rancor, pois estaremos diante do verdadeiro Deus, e neste contexto, o Deus de todos.
Shalom! J Barbosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário